Subscribe Now
Trending News
Análises, Cinema

The Addams Family 2 – Análise

Os realizadores Greg Tiernan (realizador irlandês reconhecido pelo seu trabalho nas animações Sausage Party, The Addams Family, An American Tail, entre outros) e Conrad Vernon (ator e produtor americano, mais conhecido pelos seus trabalhos em Shrek, Shrek 2, Monsters vs. Aliens, etc.), trazem de volta às salas de cinema a família mais horripilante, assustadora e arrepiante, The Addams Family 2.

O elenco de voz é constituído por várias caras conhecidas do Mundo do cinema e que já tinham contribuído com as suas vozes na prequela desta longa-metragem. Assim sendo, neste elenco contamos com Oscar Isaac (ator e músico de origem guatemalteca, conhecido pelos seus trabalhos em Inside Llewyn Davis, A Most Violent Year, Ex Machina, em Star Wars: The Force Awakens e mais recentemente em Dune), Charlize Theron (atriz galardoada da África do Sul, conhecida pelas suas interpretações nos filmes The Devil’s Advocate, Mighty Joe Young, The Cider House Rules, The Legend of Bagger Vance, The Italian Job, Monster, Mad Max: Fury Road, Bombshell, etc.), Chloë Grace Moretz (atriz americana reconhecida pelos seus papéis em Amityville Horror, Room 6, Big Momma’s House 2, franquia de Kick-Ass, Let Me In, Hugo, If I Stay, entre outros), Nick Kroll (ator e comediante de stand-up conhecido pelo seu trabalho em Adult Beginners, Sausage Party, Sing, Captain Underpants: The First Epic Movie, entre outros.), entre outros.

A Invenção…

Esta nova estória inicia-se com Wednesday (Chloë Grace Moretz) a demonstrar as suas brilhantes capacidades a nível de invenção, numa feira de ciências, que decorre na escola dos membros mais novos da família Adams.

Como é habitual em todas as feiras deste género, os alunos são incentivados a dar asas à sua imaginação, de forma a criarem projetos no âmbito da ciência, seja os habituais vulcões caseiros, circuitos elétricos, etc.. Mas, Wednesday é uma criança peculiar e ambiciona um projeto de maior escala, sendo o mesmo adaptar a mente humana aos instintos ou capacidades especiais de animais, para tal, usa o seu tio Fester (Nick Kroll) como cobaia.

Após este acontecimento, no momento da decisão do grande vencedor da feira, é com surpresa que um dos maiores cientistas do Mundo, Cyrus Strange (Bill Hader) , faz a grande revelação: “Todos os participantes são vencedores”. Esta decisão deixa Wednesday frustrada.

Contudo, Cyrus, apresenta-se deveras interessado na jovem adolescente e na sua invenção, fazendo-o lembrar dos seus momentos de criança (pois possuía o mesmo espírito de Wednesday), pedindo a esta para partilhar o seu segredo. No entanto, a jovem protagonista afirma tratar-se de um “segredo de família”, e por isso não o pode revelar.

No final do dia, Morticia (Charlize Theron) e Gomez (Oscar Isaac), acabam por se demonstrarem mais tristes, pois vêem os seus filhos a crescer, a faltar a jantares de família, por estarem totalmente absorvidos pelas novas tecnologias. De forma, a tentarem recuperar a antiga “harmonia familiar”, decidem juntar todos para fazerem umas “miseráveis” férias em família, viajando pelo país numa autocaravana “assombrada”, indo com eles Fester, Lurch (Conrad Vernon) e o famosa Thing (ou a mão, como muitos o conhecem). Deixando a avó Addams (Bette Midler) tomar conta da casa. Esta então decide aproveitar a ausência de todos e organizar uma festa de arromba na mansão da família, para ganhar dinheiro.

Mas, o que pareciam ser uma férias descontraídas, mesmo antes de começarem tornam-se mais complicadas. Pois Morticia e Gomez são abordados pelo senhor Mustela (Wallace Shawn), o advogado do cientista Cyrus, que afirma com provas que a jovem Wednesday, é na verdade a sua filha.

O casal, sem querer pensar no que lhes podia acontecer, decidem partir rapidamente para as aventurosas férias. Pois existe um acontecimento passado, referido por Fester, que deixa o casal apavorado com toda a situação. Contudo esta visita, acaba por deixar Wednesday muito intrigada, além da toda a frustração que sofreu após o evento da feira, ela observa a sua família e sente-se desenquadrada em relação a eles.

Esta atribulada aventura, que percorre toda a América, vai retirá-los do seu ambiente habitual e levá-los a hilariantes encontros com o icónico primo, Itt (Snoop Dogg), e com novas e inúmeras personagens loucas, que desejam descobrir o segredo de Wednesday. Mas, mais do que umas simples férias, é a verdadeira identidade de Wednesday que está em jogo, não apenas pelas alegações de Cyrus, que afirma ser seu pai, mas também por o excesso de proteção de Morticia e Gomez (demonstrando um comportamento diferente), que a deixam ainda mais intrigada.

A viagem de família ou Uma animação de assombrar?…

The Addams Family 2, apresenta uma estória consiste numa espécie de rebelião adolescente dos filhos, que inspira uma viagem familiar, para além de que o foco principal é mesmo a procura de identidade de Wednesday, que parece começar a sentir-se fora do seio familiar dos Addams.

Infelizmente, as piadas e as frases feitas à volta desta estória são previsíveis, reduzindo o impacto que a graça destas poderiam ter. Além do mais, leva-nos a perceber que a escrita deste filme parece ser preguiçosa e sem imaginação (contrariamente ao que era de se esperar), pois uma boa animação cómica prende a atenção dos espectadores, especialmente dos mais novos, arrancando constantemente gargalhadas, no entanto, isso não foi alcançado.

Apesar de apresentar um elenco com grandes nomes, pouco ou quase nada estes conseguiram fazer, para dar mais emoção, ou até mesmo divertimento à estória. O tom em geral da narrativa é leve, mas sem conseguir arrancar risadas, como o ambicionado.

A premissa “maluca” do filme, é quase estranha o suficiente, pelo menos no que diz respeito a animações infantis, mas não totalmente. A personagem de Cyrus, que afirma ser o pai biológico de Wednesday, faz com que o tema desta animação, tente entrar em algo mais aprofundado e “mais adulto”, mesmo com os seus trabalhos de investigação, mas fica-se mesmo por aí, tentar ser algo mais. No entanto, o valor do choque parece imerecido, dado o quão prosaico tudo que leva a este precipício do absurdo (que realmente é).

É compreensível que se queira fazer uma sequência, com base no sucesso adormecido desta famosa família, mas esta merecia mais empenho por parte de todos os envolvidos. Contudo, é de se louvar a animação e as cenas em si, sendo estas uma excelente vitrine visual fiel a esta família. A sonografia por vezes parece estar desligada da narrativa do filme, no entanto, esta consegue por vezes trazer momentos musicais brilhantes. No entanto, é imperdoável que esta sequência desperdiçasse toda essa gloriosa animação, num trabalho sem empenho e emoção.

Em suma, The Addams Family 2, fica muito longe de chegar ao sucesso que esta famosa família teve, e conseguiu tornar uma premissa que poderia ser interessante, em algo aborrecido e com pouco “sumo” a retirar, nem mesmo o divertimento foi suficiente para “salvar” este filme, acabando por ser apenas, uma viagem que não assombra no Halloween.

Partilhamos, convosco o trailer desta animação da família mais horripilante da História…

3.0
Score

Pros

  • Premissa com potencial
  • Os conflitos dos adolescentes e a procura pela identidade típica nestas idades

Cons

  • Narrativa aborrecida, preguiçosa e sem imaginação
  • A atuação dos atores não é suficiente para criar impacto
  • Falta emoção, seja nas piadas ou no desenvolvimento da estória
  • Tentaram manter uma receita, que normalmente funciona, mas que desta vez falha redondamente

Related posts