Subscribe Now
Trending News
Análises, Jogos

Destruction AllStars (PS5) – Análise

Já se passaram meses desde o lançamento da Playstation 5, no entanto escassos foram os exclusivos que saíram para ela. Tivemos apenas Demons’s Souls e Astro’s Playroom como os únicos jogos de lançamento sem serem cross gen.

Uma história com um final feliz… para a nossa carteira

No evento de apresentação da consola da nova geração da Sony, foi-nos apresentado um novo IP vindo dos estúdios da Playstation que viria a ficar conhecido como Destruction AllStars. Perto do lançamento, foi adiado sendo que este estava previsto para ser o terceiro jogo de lançamento, mas devido às poucas informações dadas (presumo eu,  sendo que um jogo que custe 80 euros e perto do lançamento não ter informações é preocupante), foi então revelado que este seria um jogo que estaria disponível no PS Plus por tempo limitado.

Um divertido jogo multijogador

A premissa do jogo é colocar vários participantes nos seus veículos numa arena e causar o caos e a destruição até que o melhor vença. No entanto o charme deste novo título são as suas mecânicas, poder constantemente trocar de carro, seja rouba-lo ou ir busca-lo às plataformas flutuantes espalhadas pelo mapa e andar pela arena com a possibilidade de podermos ser atropelados por um dos adversários, Todos estes momentos transmitem uma imensa sensação de adrenalina. Temos ao todo 16 personagens por onde escolher, cada um deles com a sua habilidade única, uma personalidade energética e designs criativos. Neste jogo temos ao dispor diferentes modos de jogos, cada um com o seu objetivo, Mayhem é o modo mais simples possível, colocar os jogadores um contra todos onde tem de ganhar pontos, destruindo ou atropelando os adversários. O Gridfall é o que mais identifico como Battle Royale já que nos insere numa área onde o chão está constantemente a cair e temos de ser o único sobrevivente. Os últimos dois consistem em trabalho de equipa, o Stockpile tem a mesma ideologia que um capture the flag e por fim o Carnado tem o objetivo de reunir uma equipa de jogadores e a mesma tem de acumular pontos ao fazer vários ataques à equipa inimiga, com o objetivo de destruir esse mesmo carro o qual usamos para fazer pontos ao acelerar a fundo em direção a um tornado. E estes são os 4 tipos de partida que temos disponíveis pelo menos até ao momento. No entanto, estão presentes no jogo o modo arcade e treino para os que pretendem jogar uma partida a solo. Por fim, temos a opção que me mais fez coçar a cabeça, os desafios. Estes oferecem uma maior diversidade de objetivos e onde poderemos ganhar cosméticos exclusivos.

Microtransações eram desnecessárias

Mas apesar de esta última opção referida ser a mais diversificada e que ajuda a dar um novo ar ao jogo, existe um fator que como referido a cima, me fez coçar a cabeça, já que onde existem quatro tipo de desafios, só poderemos jogar um. A não ser que paguemos uma pequena quantia para desbloquear os outros níveis. Para além disto encontrei outras adversidades que nos impedem nos divertir durante a sua jogabilidade como a demora do início das partidas e a sessão ir abaixo. As microtransações que se tornaram num fenómeno e não só para jogos free to play, estão aqui presentes e para além de desbloquear os desafios servem para adquirir cosméticos, mas a questão é, existe maneiras de obtermos moedas no jogo a partir da evolução de nível mas existe um segundo tipo de moeda que é apenas adquirível a partir de dinheiro real. Para concluir, apesar de se ser um jogo divertido na maior parte a verdade que o estado de lançamento atual do mete ao dispor pouco conteúdo e isso limita a repetibilidade do jogo.

Terá de lutar para sobreviver

Este é um bom ponto de partida que demonstra o poder da Playstation 5 e a qualidade dos seus novos títulos, que demonstram imensa qualidade. No entanto se o Destruction AllStrars tem intenções de continuará vivo terá de oferecer mais conteúdo ao longo do tempo, (algo que já foi prometido desde início).

7.0
Score

Pros

  • Cada personagem tem a sua personallidade e habilidade
  • A jogabilidade é divertida
  • Modos são criativos

Cons

  • Os outros desafios estão bloqueados por uma paywall
  • Cosmeticos que só podem ser adquiridos se os pagarmos
  • Cansativo após um longo periodo de tempo
  • Problemas de ligação

Related posts