Subscribe Now
Trending News
Artigos, Cinema

Sir Sean Connery, o eterno James Bond

Sir Sean Connery, o mítico ator escocês para tristeza do universo cinematográfico, deixou-nos hoje aos 90 anos de idade, durante o seu pacífico sono (segundo a informação dada pela família).
Sir, iniciou a carreira com pequenos papéis, quer na televisão quer no cinema. Mas este diamante que será para sempre eterno, foi com o filme Dr. No no início dos anos 60, que ganhou o reconhecimento mundial, ao interpretar aquele que se tornaria o agente mais famoso do mundo do cinema, estamos a falar obviamente da personagem James Bond.

Dr. No – trailer

Contudo, este imortal ator, não se ficou apenas pela série cinematográfica dos filmes de 007, tendo um vasto reportório de películas repletas de qualidade, de diferentes géneros e para todos os gostos. Apresentou-se como Coronel Arbuthnot, em Murder on the Orient Express, mais tarde interpretou Juan Ramírez, o mentor imortal no filme Highlander.
Em meados dos anos 60, com The Name of the Rose (um filme que arrecadou diversos prémios da academia) e mais tarde com The Untouchables (com nomeações para óscares em várias categorias) que tem o reconhecimento pela academia, obtendo assim, o BAFTA de melhor ator e o Óscar de melhor ator secundário respetivamente.

The Name of the Rose – trailer

The Untouchables – trailer

Para além de interpretar personagem humanas, também foi a voz do icônico Draco, em Dragonheart, onde era um Dragão que vivia na idade média e que tinha o seu coração partilhado com um príncipe. Sir Sean Connery foi ainda pai do aclamado Indiana Jones (interpretado por Harrison Ford) na longa-metragem Indiana Jones and the Last Crusade.
Assim, a CaixaNerd presta uma última homenagem ao eterno Sir Sean Connery, relembrando a sua mítica frase proclamada pelo espião ao serviço de sua Majestade, que será sempre imortalizada: “My name is Bond, James Bond.”

Related posts